jump to navigation

Ibama vai cadastrar propriedades para soltura de animais no Rio Grande do Norte 13/07/2011

Posted by Fiscal Ambiental in Ibama, Meio Ambiente Urbano.
trackback

Fonte: Ibama

Natal (13/07/2011) –  O Ibama está buscando propriedades rurais em todo o estado do Rio Grande do Norte para realizar solturas de animais silvestres. A maior parte dos animais a serem soltos é de aves (80%), seguidos de répteis (15%) e mamíferos (5%), quase todos apreendidos em operações de fiscalização do órgão. As áreas precisam ter boa cobertura vegetal como matas e bosques e seus proprietários devem comprometer-se a não permitir caça, captura ou molestamento dos animais soltos em seus domínios.

O cadastramento das áreas de soltura é o primeiro passo da campanha “Pacto pela Fauna”, que será lançado ainda neste semestre no RN. A idéia é agregar representantes de toda a sociedade potiguar – entidades, empresas, imprensa e cidadãos – para combater a captura, o comércio e a manutenção de animais silvestres em cativeiro. O motivador da campanha é a alta taxa de apreensão de animais silvestres ilegais, que está atingindo números semelhantes aos de SP – cerca de 4 mil por ano. A diferença é que SP possui mais de 40 milhões de habitantes e o RN pouco mais de 3 milhões, o que aponta para um índice de ilegalidade 10 vezes superior aos dos paulistas.

“Sabemos que o hábito de ter um animal silvestre em casa é cultural, mas isso tem que mudar”, justifica o superintendente do Ibama no RN, Alvamar Costa de Queiroz. “Mais do que um crime, manter animais silvestres presos é prejudicar todo o meio ambiente e, consequentemente toda a sociedade. Afinal, quem melhor planta árvores e cuida da natureza são os bichos”, explica. Segundo ele, o RN sofre intensos processos de desertificação e a manutenção de animais poderia ajudar a minimizar esse quadro.

Outro aspecto pouco percebido pela sociedade é que por trás de um simples passarinho ou papagaio em gaiola existe uma rede de ilegalidades. Assim, o cidadão comum seria o principal financiador do tráfico de animais, pois cada vez que compra um bicho está pagando para o traficante retirar mais animais das matas. Dentro dessas rede operam também os biopiratas, que capturam animais com princípios ativos (”venenos”) para utilização nas indústrias químicas ou farmacêuticas. Neste caso, o crime acaba afetando também a ciência e a economia brasileiras, que perdem oportunidades de descobrir novos medicamentos ou substâncias.

Quem tiver interesse em cadastrar fazendas ou granjas para a soltura de animais deve enviar um e-mail para ascom.rn@ibama.gov.br. Na mensagem deve citar nome completo, telefone, endereço da propriedade e declarar o interesse em receber animais para soltura. Fotos digitais da propriedade em baixa resolução podem ser anexadas. Após o recebimento da mensagem o Ibama entrará em contato para maiores esclarecimentos. O cadastramento é gratuito. Ao final do processo, proprietários e funcionários das áreas escolhidas vão receber treinamento no Ibama sobre as práticas corretas de conservação de fauna e da flora.

Airton De Grande
Ascom/Ibama/RN

Anúncios

Comentários»

1. Panama corporation - 14/07/2011

…Enquanto o Homem nao Aprender Amar e Respeitar os seus Semelhantes como a Si Proprio estaremos apenas engatinhando com relacao a Conservacao e Preservacao da Flora e Fauna…Se a Cultura de um Povo e o Carater de um Homem e avaliado pela Forma com que Trata seus Animais vamos Mostrar que somos Brasileiros que temos carater e cultura que sabemos nos denfender da biopirataria e que amamos preservamos e conservamos a nossa riquezas faunisticas………… Rocha contato Coordenador do Programa Universidade Solidaria ICA UFMG Membro do IVA Instituto Vida Animal ……Postado por.Animais Silvestres…as.

2. vlademir - 20/07/2011

quero adquirir um papagaio.

elenice rodrigues de lima - 17/11/2011

COMO FAÇO PARA ADQUIRI UMA ARARA POIS RESIDO EM UMA CHACARÁ ONDE HÁ BASTANTE ESPAÇO LIVRE!!!
AGUARDO RESPOSTA!
OBRIGADA ELENICE


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: