jump to navigation

Moradores sofrem por falta de coleta de lixo na Zona Norte 19/11/2011

Posted by Afauna Natal in Meio Ambiente Urbano.
trackback

Fonte: Diário de Natal.

Por Vinícius Albuquerque, do Diário de Natal

Os moradores dos conjuntos Nova Natal e Cidade Praia, Zona Norte de Natal, estão sem coleta de lixo doméstico desde o início da semana. Os garis, que deveriam ter passado, desde terça-feira não apareceram e até ontem, sacolas com dejetos se acumulavam nas calçadas à espera de um destino. A deficiência no trabalho da Urbana só vem piorar uma situação já enfrentada por quem mora na região. Diversos terrenos têm sido usados por carroceiros para o despejo de podas de árvores e sobras de material de construção.

Uma das piores situações está no cruzamento das Avenidas Araruna e Centenário da Abolição onde um terreno baldio acumula uma enorme quantidade de detritos. O caso chegou a ir parar na internet, quando um morador fez um vídeo e publicou em junho deste ano no YouTube. Nas imagens, ele mostra que até animais mortos são jogados no local e, com as chuvas, a água se acumula em uma lagoa cheia de dejetos. Revoltada, a comunidade pichou no muro “A Prefeitura está aqui!!!”. Ontem, a reportagem esteve no local e constatou que o problema do “lixão” continua. “Quem joga são pessoas de outros lugares, não são os moradores porque ninguém ia querer ter esse lixo na porta”, reclama a comerciante Paula Jéssica Constância, que mora há 10 anos no local. Ela afirma que o problema sempre existiu, mas piorou nos últimos meses.

Funcionária de uma farmácia que fica de frente para o terreno baldio, Clélia Dantas conta que o comentário dos clientes é sempre constante sobre a presença do lixão. Ratos, baratas e outros animais nocivos, além de um mau cheiro constante incomodam quem mora nos arredores. A líder comunitária Adelma dos Santos reclama que a limpeza do local é feita de forma irregular. Segundo ela, a Prefeitura de Natal prometeu construir no espaço um posto de saúde como forma de beneficiar duplamente a comunidade: ofereceria um equipamento público e acabaria com o espaço para jogar lixo.

Adelma denuncia que procurou a Urbana para reclamar do lixo doméstico que não foi coletado, mas a informação repassada foi de que os carros estavam sem combustível para circular e, por isso, o serviço estava suspenso. Andando pelas ruas dos dois conjuntos, o Diário de Natal viu várias ruas onde os moradores estão acumulando os sacos de lixo na porta esperando a vinda do carro de coleta. Além disso, próximo ao mesmo terreno baldio e vizinho à Escola Estadual Elizabeth Guilherme, outro espaço foi totalmente tomado pelo lixo de podas e material de construção.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: