jump to navigation

IDEMA amplia número de praias monitoradas durante o verão 09/12/2011

Posted by Afauna Natal in Idema, Meio Ambiente Urbano.
trackback

Fonte: Tribuna do Norte.

Com a chegada do verão é comum o aumento de banhistas nas praias do litoral do Estado. É a época do ano em que o potiguar tem como destino as casas de praia, em busca do tão esperado veraneio. Em função da grande debandada da população rumo ao litoral, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (IDEMA) ampliou o número de pontos monitorados pelo programa de balneabilidade das praias, estudo responsável por avaliar a qualidade das águas para o banho recreativo.

arquivo/TN
Com a ampliação serão ao todo 48 pontos de coleta e análise da qualidade da água das praias
Com a ampliação serão ao todo 48 pontos de coleta e análise da qualidade da água das praias

De dezembro deste ano a fevereiro de 2012, período de veraneio, o programa passa a realizar o monitoramento semanal de dezoito pontos adicionais, além dos trinta trechos já monitorados durante todo o ano. Com isso, serão ao todo 48 pontos de coleta e análise da qualidade da água das praias, compreendendo basicamente todo o litoral potiguar: de Baía Formosa ao município de Tibau.

A qualidade das águas nas praias monitoradas é verificada por meio da análise de amostras de água coletadas semanalmente nos pontos selecionados, sempre nas condições consideradas críticas pelos técnicos. Após a análise, os resultados obtidos são encaminhados aos veículos de comunicação, disponibilizados nas páginas do IDEMA e do próprio programa, através dos endereços: http://www.idema.rn.gov.br e http://www.programaaguaazul.rn.gov.br. Os boletins são divulgados sempre às sextas-feiras.

Além da divulgação através dos sites e da imprensa, a qualidade do banho nas praias é indicada, principalmente, por meio das placas de sinalização que o órgão mantém nos pontos monitorados. As placas indicam aos banhistas se o trecho em questão apresenta-se próprio (placa verde) ou impróprio (placa vermelha) ao banho. O estudo de balneabilidade das praias é operacionalizado por meio de uma parceria entre o IDEMA o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN), integrando um projeto maior batizado de “Água Azul”. Além da balneabilidade das praias potiguares, esse programa é responsável ainda por realizar o monitoramento sistemático da qualidade das águas dos principais corpos d’água interiores do Estado.

Balneabilidade

A iniciativa do IDEMA em promover o programa de balneabilidade das praias surgiu em função da Resolução n° 274/2000 do Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA), que determina a execução, pelo Poder Público, de estudos de balneabilidade de praias e outros balneários que apresentem expressiva frequência de banhistas. Além de determinar a execução do estudo de balneabilidade, a resolução define também os parâmetros e critérios utilizados para classificar a qualidade das águas analisadas.

O indicador básico para o estudo, quanto ao seu aspecto sanitário, é a densidade de bactérias fecais, levando em conta a principal causa de contaminação das águas: os esgotos domésticos. O estudo de balneabilidade das praias da região metropolitana de Natal vem sendo realizado sistematicamente pelo IDEMA desde 2004, sendo intensificado durante os período de veraneio e carnaval.
Com informações do Idema

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: