jump to navigation

Entre a tragédia e o milagre, o tempo 27/01/2012

Posted by Afauna Natal in Fiscalização Urbanística, Meio Ambiente Urbano.
trackback

Fonte: Tijolaço.com.

Está dificil escrever sem falar do imenso desastre ocorrido no centro do Rio.

Talvez seja mais adequado chamá-lo de milagre e não de tragédia, porque – embora cada ser humano seja um infinito – podem ser 20 e não são duzentos  ou dois mil os mortos nos escombros dos 32 pavimentos desmoronados dos três prédios e na calçada onde despencaram.

É inevitável pensar no que seria se aquilo tivesse ocorrido uma ou duas horas antes.

Este tempo, tão curto, foi imenso nos seus efeitos.

Foi o tempo do acaso ou da Providência, segundo cada um atribui em sua crença ou não-crença.

Mas o tempo pode ser decisão humana.

É aquele que define como agimos em relação ao mundo e às outras pessoas.

E, neste caso, o maior inimigo da sabedoria é o desejo de espetaculosidade.

É a pressa ou a imprudência que, embora seja preciso esperar os fatos e a apuração técnica para fazer juízos, alimentam o risco da tragédia, mesmo quando o milagre faz com que ela não seja tão imensa quanto poderia ser.

A intolerância, o “é órdi”, o desequilíbrio. A falsa inteligência dos que sabem tudo.

Que diferença dos homens simples que passaram esta madrugada removendo pedras com cuidado, não apenas pela esperança de encontrar vivos, mas pelo respeito com o corpo dos mortos.

Que luta contra o ímpeto e o vagar, para buscar, um a um, a todos!

Aqueles homens sabem que cada pessoa tem direito à vida e, se não a tiverem mais, ao cuidado que  ainda assim merece.

Eles não são doutores, eles não sabem citar em latim, não sabem artigos e alíneas.

Mas sabem que,  pobre ou rico, branco ou negro, vivo ou até mesmo morto, cada ser humano merece respeito.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: