jump to navigation

Ibama acompanha vazamento de óleo na Bacia de Santos 02/02/2012

Posted by Afauna Natal in Fiscalização Ambiental, Ibama, Meio Ambiente Urbano.
trackback

Fonte: Ibama.

Brasília (31/01/2012) – O Ibama foi notificado às 11:40h pela Petrobras da ocorrência de um incidente no Teste de Longa Duração (TLD) de Carioca Nordeste, na Bacia de Santos, operado pelo FPSO (sigla em inglês para Unidade Flutuante de Produção, Armazenagem e Transferência) *Dynamic Producer*. Segundo o comunicado da empresa, houve a ruptura do equipamento (*riser*) que conecta a plataforma à cabeça do poço no fundo do mar, com a consequente liberação de 33 m³ de petróleo cru no ambiente marinho, em uma primeira estimativa.

A empresa informou que o conjunto de válvulas que fica na cabeça do poço funcionou a contento, fechando o poço imediatamente. Assim, o volume de óleo descartado no mar teria sido apenas o preenchimento do *riser*que se rompeu.

O Ibama foi informado pela empresa que o Plano de Emergência foi acionado e que as atividades de contenção e recolhimento do óleo vazado estão sendo realizados por duas embarcações de atendimento à emergência (*oil recovery*). Ressalta-se que o TLD de Carioca Nordeste está regularmente licenciado pelo Ibama (Licença de Operação 1046/2011) e que o Plano de Emergência Individual da plataforma é uma condicionante da licença.

Além do contato telefônico com os responsáveis pela resposta ao vazamento, o Ibama enviou imediatamente dois técnicos para a Sala de Operações de Emergência da Petrobras em Macaé/RJ para acompanhar os trabalhos de recolhimento do óleo.

Amanhã pela manhã (1°/fev), outros dois analistas ambientais do Ibama irão realizar um sobrevoo na área para avaliar a adequada implementação do Plano de Emergência e a dimensão do vazamento. Outros técnicos serão enviados à Sala de Gestão da Emergência da Petrobras em Santos/SP.

A produção através do FPSO *Dynamic Producer *no TLD de Carioca Nordeste está suspensa e a empresa só poderá retomar a produção mediante autorização do Ibama após apuração das causas do acidente e do dimensionamento das consequências ambientais decorrentes.

CGPEG/Ibama

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: