jump to navigation

Empresa de Ronaldo “Fenômeno” não tinha licença municipal 15/02/2012

Posted by Afauna Natal in Meio Ambiente Urbano.
trackback

Fonte: Redação do DIARIODENATAL.COM.BR, com informações do R7.

Ronaldo oferece R$ 2 milhões para encerrar processo no RJ

Um ano depois de anunciar a aposentadoria dos gramados, o ex-jogador Ronaldo agora enfrenta adversários nos tribunais. A empresa dele, RDNL, está sendo processada no Rio de Janeiro, acusada de construir uma praça de alimentação sem licença municipal. De acordo com a coluna Radar, da revista Veja, o Fenômeno ofereceu R$ 2 milhões para encerrar o processo. A informação é do portal R7.

Segundo o portal, a praça de alimentação foi construída em um terreno alugado ao lado de uma universidade. O dono do local ainda não aceitou a proposta, segundo a coluna, porque Ronaldo não deu garantias de quando o pagamento vai começar a ser realizado. A empresa de Ronaldo enfrenta este processo desde 2010.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: