jump to navigation

Natal/RN – Ministério Público mantém suspensão das atividades no Beco da Lama 24/02/2012

Posted by Afauna Natal in Meio Ambiente Urbano, Ministério Público do RN, Poluição Sonora.
trackback

Fonte: No Minuto.com.

Bar da Meladinha, que fica no beco, terão suas atividades suspensas até maio, mês que vai acontecer uma nova reunião com o Ministério Público.

Por Lara Paiva

A briga entre os moradores de Cidade Alta e a proprietária do Bar da Meladinha, localizada no Beco da Lama, pode chegar ao fim, porque na tarde de hoje (23) aconteceu uma reunião entre eles com a proprietária do estabelecimento, Neide Dantas, Ministério Público Estadual (MP-RN) e o produtor cultural, Marcelo Veni, organizador dos eventos que acontece no bar.

De acordo com Veni, foi decidido que ele terá que fazer um calendário de shows a partir de maio, mês que vai ter uma nova reunião para decidir se o Ministério Público aprova ou não a agenda de shows. Entretanto, foi aprovada uma festa em que vai comemorar o aniversário do bar, no dia 31 de março, já que a data vai cair no sábado, apesar de ter a obrigação de terminar às 22 horas.

Os eventos de reggae, que eram realizados todas as sextas-feiras, poderão ser realizados somente uma vez ao mês. “Vou me organizar para fazer uma agenda que não prejudique ninguém. Nós (Veni e Neide) estamos flexíveis por um acordo e bom senso”, disse Veni.

Além disso, Marcelo Veni pretende criar diversos eventos que associe festividades comemorativas, como Natal e São João. A próxima reunião vai acontecer no dia 08 de maio entre o MP-RN, Neide Dantas, o produtor cultural e os moradores insatisfeitos.

Veni disse que os insatisfeitos queriam que as festas fossem para outro local que para o produtor cultural isso é inviável, uma vez que já faz eventos em outros lugares. Ele disse que faz as festas no Beco da Lama porque esse é o patrimônio da boêmia natalense. O produtor cultural disse que tem planos para poder revitalizar o local e também para que este seja mais seguro.

A discussão aconteceu depois que uma moradora e comerciante identificada como Eliane Batista da Silva, que há problemas com Neide Dantas, denunciou e entregou um abaixo assinado com 20 assinaturas acusando que havia poluição sonora e consumo de drogas no estabelecimento ao Ministério Público. Por causa disso, o MP-RN suspendeu as atividades depois do carnaval existentes no bar.

A suspensão das atividades causou comoção na mídia e visitantes do bar, que criticou a atitude do MP por não investigar o caso.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: